sábado, 20 de setembro de 2008

Vejo o universo, da janela do destino.

Colocando as idéias no lugar, deixando de considerar e de achar engraçado tudo o que desvia por muitos instantes as palavras que, achei poder dizer sem nenhuma restrição. Fito meus próprios pensamentos e prefiro procurar em ruas desconhecidas alguém conhecido , que me viu ser o que sou desde o primeiro suspiro. Prefiro me perder e pedir informação, do que estar num lugar familiar mas ao mesmo tempo sem ter os pés no chão. Já não me iludem mais as belas promessas, nem as pequenas frases de efeito, não há amor, não há gostar , não existe nada dentro de mim , tudo o que eu faço dura pouco tempo, tudo o que eu tentei fazer durar , morreu antes mesmo do primeiro amanhecer. Novamente, o toque que faz tudo virar pó.

Chega um momento que você se acostuma, e neste momento você se torna o maior dos idiotas, aquele que não merece viver, mas o valor da vida de cada um esta também nas dores de cada um, só vive com dores e mágoas aquele que realmente merece viver. Não se fixa em alguma lei o que eu disse, minhas palavras são pecados camuflados e desvios de conduta e de moral. Eu sou, provavelmente, uma complexa máquina de destruição de conceitos, sem nem ao menos se preocupar em ter fundamentos. Apenas falo e, por quilos de palavras que eu sou soterrado dentro do meu próprio universo.

Bate na porta do destino e pede abrigo, perto do fogo da lareira , o cheiro de chá de maçã, pede abrigo na morada do destino, sem saber que dali não sairá mais, apenas passando de um lado para o outro , olhando a imensidão negra e silenciosa do espaço. Conforme-se, sua mente é um caso perdido.

Conforme-se, você procurou o seu destino ...

Um comentário:

kel disse...


Ninguém quer dar o braço a torcer... tantas vezes sem saber o que se passava, com suas metáforas eu tentei te entender...
Agora que a situação se inverteu, você não tem paciência... a mania de querer fazer piada não é para fugir do real e sim pra não piorar o que acontece.
Deixe de lado as pessoas que você bem entender, você tem livre- arbítrio, só tome cudiado.

bj.